Especialistas ensinam a cuidar dos dentes de pets

Especialistas ensinam a cuidar dos dentes de pets

Segundo a Associação Brasileira de Odontologia Veterinária (Abov), a doença de gengiva é a primeira entre cães e gatos. De cada dez animais, oito possuem o problema. Ou seja, todos os animais adultos terão a doença um dia.

Outros problemas também são graves, como tumores, infecções, acúmulo de placa e a doença endodôntica – que aparece quando o cão ou gato quebram o dente.

Abrir a boca do seu bicho de estimação e verificar se os dentes estão em ordem é um dos cuidados frequentes necessários para garantir uma vida saudável ao pet. A escovação é fundamental e deve ser diária.

Você pode prevenir seus bichos de todas as doenças. Basta ter alguns cuidados e dar atenção aos animais. O momento da escovação deve ser aproveitado ao máximo, é a hora do dono ter um contato bem próximo ao animal, e isso deve ser o mais prazeroso possível.

Confira as dicas de dois especialistas* para manter em ordem o hálito, os dentes e a saúde bucal do pet:

– Deixe a preguiça e a desculpa da falta de tempo e realize frequentemente a escovação. O ideal é escovar todos os dias, mas três vezes por semana também dá um bom resultado.

– Alimentos (petiscos, principalmente) anunciados como capazes de combater o tártaro realmente funcionam. Porém, é necessário fazer o pet comer diariamente.

– Ossos naturais estão proibidos, mesmo cozidos, pois são duros demais, e fraturam dentes. Se isso ocorrer é preciso fazer no animal tratamento de canal, sob anestesia geral.

– Para acostumar o gato ou o cachorro com a escovação é necessário começar desde filhote. Punições porque o bicho não quer aceitar a escovação está proibida. Ele pode ficar traumatizado.

– Aos dois meses de idade você pode mexer na boca do pet. Comece com um paninho, alisando os dentes, depois com escovas, inclusive em gatos.

– Quando iniciar o uso de escova e pasta os itens devem ser exclusivos para animais. Alguns cremes dentais possuem gostos de carne ou peixe, para estimular a escovação.

– Creme dental humano possui flúor e detergente, o que não faz bem aos animais.

– No Brasil, existem poucas opções de escovas de dente para bichos. Se não encontrar ou se o preço for muito alto, não desista! Compre uma escova de gente, mas adequando o tamanho e maciez ao porte do cão ou gato. Se for filhote, experimente uma escova infantil e bem macia.

– Durante a escovação, fale palavras positivas para incentivar o bicho e dar carinho. Depois do processo, procure passear com ele ou dar uma recompensa, como um brinquedo ou biscoitos.

*Dicas do médico veterinário sócio fundador da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária (Abov), Hebert Lima Corrêa e de Marco Antonio Gioso, professor da faculdade de medicina veterinária e zootecnia da Universidade de São Paulo (USP)

About the author

brothers

Posts Relacionados

Dessa água não bebereis

Entenda as manias dos gatos na hora de beber água...

Passeio e diversão:

Dicas para a cãominhada ser a mais prazerosa para você...

3 dicas para escolher o melhor brinquedo para seu Pet

Se seu cachorro é grande, pequeno, médio, peludo ou raspado,...

Deixe Seu Comentário